quarta-feira, 5 de agosto de 2009

O caso Havaianas – Todo mundo usa

Hoje Aline Derenzi está iniciando no blog A Bordo. Aline tem
experiência como professora de inglês e assessora de imprensa. É estudante de
Relações Públicas da Universidade Metodista/SP. Tem planos de se especializar na
área de Comunicação Visual. Ela é positiva e adora desafios, é com isso que
contamos em sua estádia em nosso blog.


Feita de borracha com o intuito de proteger os pés a sandália Havaiana possui várias cores, diversos formatos, algumas têm um design mais moderno outras são até personalizadas, é considerada um grande sucesso dentro e fora do Brasil, mas nem sempre foi assim.

A marca Havaianas nasceu em 1962 inspirada numa sandália japonesa - é um produto nacional criado pelo grupo Alpargatas - sempre se adaptando com o passar das décadas até que foi considerada fundamental para os brasileiros.

Um produto natural, totalmente nacional e que garantia, calçados duráveis e confortáveis. Eram as tradicionais branquinhas com tiras e laterais que variavam em cinco cores, entre a mais popular a azul. Como nem tudo é perfeito a marca teve uma queda nas vendas e é rotulada como “sandália de pobre”, diziam até que usá-la tinha virado atestado de pobreza. Seu público começou a trocá-la pelos concorrentes que tinham produtos mais baratos e mais sofisticados e o famoso slogan "não deforma, não tem cheiro, não solta às tiras" não surtia mais efeito.

Vendo suas vendas caírem o grupo Alpargatas decidiu dar a volta por cima criando as Havaianas Top. Numa estratégia agressiva envolvendo publicidade, relações públicas e marketing começaram a utilizar celebridades do momento para divulgar a marca em comerciais na TV e em revistas mostrando situações diversas onde as Havaianas poderiam ser usadas. No exterior não foi diferentes fãs famosas da marca faziam sua parte desfilando pelas ruas com seus pares.

A Alpargatas investiu em inovação e criatividade, lançando embalagens coloridas e com design moderno além é claro de suas coleções trazerem novidades do momento, como as inspiradas em temas da Copa do Mundo e Surf.

Mas o investimento em campanhas não para por ai, as Havaianas, sempre com a intenção de inovar, convida a joalheria H. Stern para criar uma sandália especial com acabamento em ouro e diamante, denominada por eles como uma sandália que é uma jóia. E para expandir sua marca no exterior posso citar como exemplo de campanha a do Oscar, onde é dado a todos os indicados um par de Havaianas exclusivas.

Abaixo um vídeo de umas das campanhas da Havaianas que mostra sua transformação de uma sandália da classe média em um acessório da moda.



As estratégias que envolvem diversas áreas de comunicação, como PP, RP e MKTA, criam marcas que são referencias no gerenciamento da comunicação organizacional. Os resultados alcançados por estas áreas reforçam as percepções criadas na mente do consumidor - É o caso das Havaianas



Fontes: NCA Consultoria e Havaianas



Postado por Aline Almeida Derenzi

2 comentários:

Ocappuccino disse...

legal esta série de posts, tudo que penso a respeito do case havainas já escrevi no ocappuccino.com, mas nao custa repetir que é sensacional o trabalho da almapbbdo

mateus d'ocappuccino.com

A Bordo disse...

Acho brilhante estas empresas que sabem fazer "acontecer" com coisas simples.

Aline, seja bem vinda a equipe, espero que em todos os momentos e aspectos a sua estadia aqui seja para agregar valor e trazer conhecimento para todos nós.

Abraços,
Belle